Quais hábitos você deve adotar hoje se quiser viver 100 anos?

Quais hábitos você deve adotar hoje se quiser viver 100 anos?

Quem não sonha superar todas as expectativas de vida? Mas para isso, adotar alguns hábitos para viver 100 anos é algo que você precisa iniciar agora!

Há um século atrás, a expectativa de vida média era de 31 anos. Hoje, é quase o triplo disso, graças ao efeito cumulativo de muitos ajustes de vida, a maioria menores, que a ciência determinou ter um efeito real na longevidade. 

Ou seja, não são necessárias grandes mudanças para você viver mais. Ao contrário, são nas pequenas coisas que você faz no dia a dia é que determinarão quão longe você é capaz de chegar.

Então, o que você está esperando? Comece com essas dicas de hábitos para viver 100 anos!

Seja mais legal

Um estudo de 2012 publicado na revista Ageing encontrou uma correlação entre otimismo e maior expectativa de vida. Isso mesmo: uma atitude positiva em relação à vida pode ser a diferença entre fazer o check-out mais cedo e ser o último na festa.

Pratique ioga

Está bem estabelecido que a ioga é relaxante. Mas acontece que todo esse relaxamento pode ter alguns efeitos cumulativos que desafiam seriamente o envelhecimento. 

De acordo com uma revisão da Vox de mais de 50 estudos, praticar ioga pode melhorar a qualidade de vida de pacientes com diabetes, reduzir o risco de doenças cardiovasculares e ajudar a controlar a pressão alta. 

Logo, praticar ioga está diretamente relacionada a uma melhor qualidade de vida e, também, a hábitos para viver 100 anos

Reduza a carne

Um estudo de 2013 com mais de 70.000 pessoas publicado no Jama Internal Medicine descobriu que os vegetarianos têm um risco 12% menor de morte prematura do que os comedores de carne. 

E embora essa correlação possa estar relacionada à dieta, os pesquisadores também observaram que os vegetarianos tendem a ser mais educados, menos propensos a beber álcool ou fumar tabaco e mais propensos a fazer exercícios saudáveis ​​do que os não vegetarianos.

Durma nu

Acredite ou não, dormir sem qualquer tipo de roupa pode ajudar você a viver mais, de acordo com um estudo de 2014

Isso porque, à medida que dormimos, nossos corpos esfriam um pouco, causando a liberação de hormônios de crescimento reparadores. Se você estiver muito quente, receberá menos desses hormônios. 

Além disso, ficar mais frio reduz o nível de cortisol do corpo, o hormônio do estresse que pode levar à alimentação excessiva, diabetes e inflamação causadora de doenças.

Rir mais

Sabe quando dizem que rir é o melhor remédio? Então, isso tem um grande fundo de verdade! Rir não é apenas divertido, mas também é bom para você! 

Um estudo de 2016 publicado na revista Psychosomatic Medicine descobriu que mulheres com um forte senso de humor tinham um risco 73% menor de morte por doença cardíaca, um risco 81% menor de morte por infecção e um risco 48% menor de morte de todos causas.

Leia também::: Quais as consequências dos agentes químicos na alimentação?

Experimente um jejum intermitente

De acordo com um estudo de 2015 publicado na revista Rejuvenation Research, as pessoas que praticavam o jejum intermitente — comendo por seis dias e fazendo jejum por um — mostraram um aumento em um gene de aumento da longevidade chamado SIRT 3 após 10 semanas. 

E antes que pergunte: os participantes não seguiram uma dieta particularmente saudável. As dietas de “festa” incluíam coisas como Oreos, bolo e muitos salgados com cream cheese. Ou seja, se mudar para uma alimentação mais saudável, é provável que você chegue aos 100 anos.

Use fio dental

Você tem mais do que cáries com que se preocupar se não escovar e passar fio dental com a frequência recomendada pelo dentista. A má higiene bucal foi associada à redução da expectativa de vida, de acordo com os resultados de um estudo de 2013 publicado no Journal of Dental Sciences

Além disso, manter uma boca saudável pode diminuir o risco de doenças cardíacas, demência e derrame. Então, se deseja adotar hábitos para viver 100 anos, coloque o fio dental na sua lista de prioridades.

Nunca pare de aprender

De acordo com um estudo de 2008 da Universidade de Harvard publicado na revista Health Affairs, as pessoas que permanecem na escola por pelo menos 12 anos tendem a viver mais do que aquelas que não concluem o ensino médio. 

Um relatório de 2012 do Centro Nacional de Estatísticas de Saúde dos Estados Unidos foi ainda mais longe, descobrindo que aqueles que receberam o diploma de bacharel viveram nove anos a mais do que aqueles que apenas concluíram o ensino médio.

Aproveite o melhor da vida

Adotar hábitos para viver 100 anos são bons não só para nosso corpo, mas também para nossa mente. E mais importante que viver 100 décadas, é poder aproveitar cada momento da melhor forma possível.

Lembre-se sempre que envelhecer é diferente de ficar velho. Enquanto a segunda opção é uma consequência, a primeira é permitir que você aproveite cada ano de forma intensa, e não apenas veja a vida passar.

Espero que tenha gostado das dicas de hábitos para viver 100 anos. E entre os vilões do envelhecimento do corpo humano está o colesterol. Por isso, recomendo a leitura do meu e-book “A verdade sobre o Colesterol”. É só clicar abaixo e ter acesso a ele gratuitamente.

Deixe uma resposta