You are currently viewing Como o hábito da meditação auxilia no controle do estresse?

Como o hábito da meditação auxilia no controle do estresse?

Que a meditação auxilia no controle do estresse, é algo que parece óbvio. Mas poucas pessoas sabem realmente de que forma essa técnica milenar contribui para ter uma mente sã.

A meditação se tornou uma das formas mais populares de aliviar o estresse entre pessoas de todas as esferas da vida. Essa prática, que pode assumir muitas formas e pode ou não ser combinada com muitas práticas espirituais, pode ser usada de várias maneiras importantes.

E é no controle do estresse e da reconexão que ela é mais usada. Sobre o tema, e de que forma ela pode contribuir significativamente para sua melhor qualidade de vida, que exploro no artigo a seguir. Vamos lá!

O que a meditação envolve?

A meditação envolve sentar-se em uma posição relaxada e limpar sua mente, ou focalizar sua mente em um pensamento e limpá-la de todos os outros. Você pode se concentrar em um som, em sua própria respiração, pode contar, pode executar um mantra ou simplemente fazer nada. 

Um traço comum entre as muitas técnicas de meditação é que a mente para de seguir todos os novos pensamentos que vêm à superfície.

Geralmente é necessário ter pelo menos cinco a 20 minutos sem distrações para gastar, embora as sessões de meditação possam realmente ter qualquer duração. Sessões de meditação mais longas tendem a trazer maiores benefícios, mas geralmente é melhor começar devagar para que você possa manter a prática por um longo prazo.

Muitas pessoas acham que se tentarem meditar por muito tempo em cada sessão ou criar uma prática “perfeita”, isso pode se tornar intimidante ou assustador. E como  tal, acham mais difícil manter o hábito diário. É muito melhor criar o hábito e trabalhá-lo em uma versão mais completa desse hábito.

É útil ter silêncio e privacidade, mas meditadores mais experientes podem praticar meditação em qualquer lugar. Fazem isso ao conseguirem se desligar do mundo exterior e focar apenas aquilo que importa no momento.

Muitos praticantes de meditação atribuem um componente espiritual a ela, mas também pode ser um exercício secular. Realmente, não existe maneira errada de meditar.

Meditação e controle do estresse

Ao longo do dia, quando sentimos estresse, nossos corpos reagem automaticamente de maneiras que nos preparam para lutar ou correr. Esta é a resposta do seu corpo ao estresse , também conhecida como sua resposta de lutar ou fugir. 

Em alguns casos de extremo perigo, essa resposta física é útil. No entanto, um estado prolongado de agitação pode causar danos físicos a todas as partes do corpo.

A meditação afeta o corpo de maneiras exatamente opostas ao estresse —desencadeando a resposta de relaxamento. Ele restaura o corpo a um estado de calma, ajudando a se reparar e prevenindo novos danos dos efeitos físicos do estresse. 

Ele pode acalmar sua mente e corpo, acalmando os pensamentos induzidos pelo estresse que mantêm a resposta do corpo ao estresse acionada.

Leia também::: Qual é a importância do estresse?

O papel do relaxamento

Obviamente, também existe um elemento de relaxamento físico mais direto envolvido na meditação. Portanto, essa dose dupla de relaxamento pode realmente ser útil para evitar o estresse. Um ganho maior que a meditação pode trazer é a resiliência a longo prazo que pode advir com a prática regular.

A pesquisa mostrou que aqueles que praticam meditação regularmente começam a experimentar mudanças em sua resposta ao estresse. Por exemplo, isso lhes permite se recuperar de situações estressantes mais facilmente e experimentar menos estresse dos desafios que enfrentam em suas vidas diárias.

Acredita-se que parte disso seja o resultado do aumento do humor positivo que pode advir da meditação. Pesquisas mostram que aqueles que experimentam estados de espírito positivos com mais frequência são mais resistentes ao estresse.

Outra pesquisa encontrou mudanças no cérebro de praticantes regulares de meditação que estão associadas a uma diminuição da reatividade ao estresse. 

A prática de aprender a reorientar seus pensamentos também pode ajudá-lo a se redirecionar quando cair em padrões de pensamento negativo. O que por si só pode ajudar a aliviar o estresse.

Como começar a meditação?

Existem muitas formas de meditação que trazem esses benefícios fantásticos. Alguns podem se sentir mais confortáveis ​​para praticar do que outros, então é uma ótima ideia experimentar uma amostra deles e repetir as técnicas que parecem se adequar melhor a você. 

Se você praticar meditação enquanto não estiver no meio de uma situação estressante, achará mais fácil usá-la como uma técnica calmante quando precisar.

Comece em um momento relaxado

Mesmo que você planeje usá-lo apenas quando necessário e não como um exercício diário, é uma boa ideia praticar meditação quando não estiver se sentindo particularmente estressado. Ou seja, ao tentar pela primeira vez quando estiver se sentindo oprimido — pode ser que não consiga atingir o ponto ideal da meditação.

A coisa mais importante a lembrar é praticar a meditação por alguns minutos por dia e tentar sentar-se por pelo menos cinco minutos em cada sessão.

Concentre-se na sua respiração

Se você não sabe por onde começar, pode simplesmente se concentrar em ouvir sua respiração por cinco minutos. Para fazer isso, relaxe o corpo, sente-se confortavelmente e observe sua respiração. Se você estiver pensando em outras coisas, simplesmente redirecione sua atenção de volta para sua respiração.

Conte suas respirações

Outra estratégia simples é contar suas respirações. Ao inspirar, conte “um” em sua cabeça e, em seguida, conte “dois” ao expirar. Continue enquanto respira e recomece em “um” se notar que se distraiu com outros pensamentos.

Algumas pessoas acharão mais fácil praticar a contagem do que a simples meditação respiratória, e outras acharão mais desafiador. Lembre-se de que suas melhores técnicas de meditação são aquelas que ressoam com você. Que você encontre o alívio que procura.

Cuide de você

Momentos estressantes são vividos por qualquer pessoa, e como lidamos com cada crise é que pode nos diferenciar. Mas por mais difícil que seja determinados momentos, não deixem que eles influenciem em sua saúde.

Cuide sempre do seu corpo e da sua mente. Lembre-se que meditação e controle do estrese andam juntas. E por falar em mente, confira o vídeo que postei no meu canal do Youtube, em que explico como a mente influencia na produção hormonal.